Internacional

Ministra da Defesa e chefe militar holandeses demitem-se após relatório de acidente

Em causa está uma acidente num treino que matou dois soldados e feriu um terceiro, a ministra da Defesa holandesa, Jeanine Hennis-Plasschaert, e o chefe militar holandês, Tom Middendorp, demitiram-se esta terça-feira no seguimento de um relatório sobre um acidente num treino que matou dois soldados e feriu um terceiro.

O relatório, a cargo do Dutch Safety Board e publicado na semana passada, refere-se a um acidente durante um treino de artilharia no Mali, em 2016, onde os soldados integravam as forças da paz.

Hennis-Plasschaert, que estava em funções desde as eleições nacionais de março, anunciou esta terça-feira a sua demissão no parlamento depois de um longo debate sobre o relatório, onde o Ministério da Defesa foi acusado de “graves deficiências”.

Fonte: Correio da Manhã

 

 

 

 

A ministra anunciou também a demissão de Tom Middendorp, que acontece pouco antes do mesmo se reformar.

 

Comentários
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top