Outros

Ultima-Hora: Nordahl Lelandais confessou ter matado Maëlys de Araújo

Suspeito estará a cooperar com as autoridades e vai revelar onde estará o corpo da criança.

Após mais de seis meses de investigações, o principal suspeito do desaparecimento da lusodescendente Maëlys de Araújo terá confessado hoje ser o responsável pela morte da menina.

Segundo o Le Parisien, o homem terá revelado às autoridades onde terá enterrado o corpo criança de nove anos.

Entretanto, os restos mortais de Maëlys foram encontrados.

Na sequência da sua confissão, Nordahl Lelandais foi levado pelas autoridades para Pont-de-Beauvoisin, local que fica entre o salão onde se realizou o casamento de onde a menina desapareceu na madrugada do dia 27 de agosto, e Domessin, local onde mora o principal suspeito.

Ficou hoje a saber-se, também, que o sangue encontrado no porta-bagagens do Audi A3 de Nordahl pertence à menina.

Maëlys de Araújo, recorde-se, desapareceu na madrugada do dia 27 de agosto quando participava num casamento na companhia da sua família. A menina, que envergava um vestido branco, desapareceu sem deixar rasto e desde o início que todas as suspeitas apontavam para o ex-militar de 34 anos.

Vestígios de ADN da criança foram encontrados na viatura de Nordahl Lelandais, que negou desde sempre o seu envolvimento no caso. Hoje, porém, numa nova audição, terá concordado em colaborar com as autoridades.

A confissão surge na sequência de um interrogatório que aconteceu, esta manhã, no Palácio da Justiça em Grenoble.

Fonte: Noticias ao Minuto

Comentários
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Os Mais Vistos do mês

To Top