“Irei pedir que ele seja absolvido daquilo que não cometeu”

O Ministério Público pede a pena máxima, 25 anos de prisão para Pedro Dias. Mónica Quintela, advogada de Pedro Dias, diz que irá pedir a absolvição de Pedro Dias pelos crimes que não cometeu, ressalvando que “terá de ser condenado” por aqueles que confessou.Mónica Quintela não avançou se Pedro Dias irá falar novamente antes do final do julgamento.Já o advogado dos familiares do casal Pinto considera que a GNR estará no seu direito em apresentar uma queixa por difamação e injúria contra Pedro Dias por este tentar imputar ao militar a morte do casal.

Fonte: MSN

Comentários