Foi-lhe diagnosticado um cancro linfático em 2012. Trabalhava na Câmara de Caminha.

José Godinho, de 56 anos, jardineiro na Câmara de Caminha, morreu, na quinta-feira, depois de ter sido declarado apto para trabalhar.

Estava de baixa prolongada desde 2012, quando lhe foi diagnosticado um cancro linfático.

Foi submetido a várias juntas médicas pela ADSE que o mantiveram de baixa. Em 2016, o processo passou para a Caixa Geral de Aposentações.

Em junho deste ano, após nova junta médica, foi considerado apto para trabalhar. José Godinho estava internado há 15 dias no IPO do Porto .

Fonte: CM Jornal

Comentários