A Juventude Socialista recusa o regresso do serviço militar obrigatório em Portugal e critica as declarações do ministro da Defesa. Azeredo Lopes admitiu voltar a discutir o tema por causa da falta de efetivos nas Forças Armadas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *