Os enfermeiros de cinco blocos operatórios do país iniciaram ontem uma greve de um mês às cirurgias programadas. A falta de resposta às reivindicações levou os sindicatos a entregar um pré-aviso de greve às intervenções cirúrgicas programadas até ao final do ano. Asseguram, no entanto, as intervenções urgentes.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *